Imprensa, Notícias

PNBE FAZ LANÇAMENTO DISQUE DENUNCIA ELEITORAL 2014

30/07/2014 por Soraia Patricia

POR TELEFONE QUALQUER CIDADÃO PODERÁ COMBATER A CORRUPÇÃO ELEITORAL

Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo investigará as denúncias e apoiará no encaminhamento para procuradorias dos demais estados da federação

O movimento PNBE – Pensamento Nacional das Bases Empresariais, junto com os seus parceiros Movimento Voto Consciente – MVC; Ministério Público Democrático – MPD; Instituto Brasil Verdade – IBV; Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral Estadual SP – MCCE, AMARRIBO Brasil, além de entidades empresariais como a Associação de Bares e Restaurantes – Abrasel SP, lançarão a versão 2014 do DISQUE DENÚNCIA ELEITORAL dia 05 de agosto, terça-feira, às 10h00, na Rua Itápolis, 1468 – Pacaembu – São Paulo.

O Disque Denúncia Eleitoral passa a funcionar no mesmo dia 05.08. Ele permite que, sem qualquer gasto e com muito pouco trabalho, o cidadão possa denunciar candidatos que estão cometendo ações ilícitas ou crimes eleitorais, podendo acompanhar o andamento da denúncia com o número de protocolo de atendimento. As entidades manterão sigilo absoluto sobre as comunicações e denunciante também poderá fazer a denúncia sem se identificar. As denúncias serão encaminhadas à Procuradoria Regional Eleitoral, que comunicou à entidade sua decisão de investigá-las assim que recebidas.

Num avanço importante, já está firmado acordo do PNBE com a ABRASEL – Associação de Bares e Restaurantes de São Paulo, pelo qual milhares de cartazes com o Disque Denúncia Eleitoral serão divulgados pelos bares e restaurantes do estado paulista.

Funcionamento

As denúncias serão recebidas num Call Center criado pelo PNBE e encaminhadas à Procuradoria Regional Eleitoral, que analisará as denúncias. O cidadão que fizer a denúncia vai receber um número de protocolo e poderá acompanhar onde e em que estágio se encontra a sua denúncia. O horário de atendimento do serviço de segunda à sexta-feira é das 08h00 às 20h00 e aos sábados das 08h30 às 14h00.

O 1º Coordenador Geral, Mario Ernesto Humberg diz que o PNBE – por ter na sua base Empresários-Cidadãos – tem o dever de continuar a luta pela transparência ética nos negócios, pelo desenvolvimento econômico e sustentável, pela justiça social e por um País politicamente democrático de fato. “A busca por processo eleitoral ético, coibindo as ações ilícitas e abusivas, são uma bandeira relevante”.

Os resultados esperados com essa iniciativa são ampliar o canal de diálogo entre a sociedade e os órgãos públicos responsáveis pela fiscalização da legislação eleitoral. Fazer com que a população participe ativamente do processo eleitoral fiscalizando os candidatos. E coibir as ações ilícitas.

ATENÇÃO EDITORES E REPÓRTERES – Histórico do DDE PNBE

Os dados completos do que aconteceu com Disque Denúncia Eleitoral (DDE) nas quatro edições de 2006 até 2012 estão disponíveis na assessoria de imprensa. Por favor, solicite

Conheça mais sobre cada instituição participante:

PNBE – www.pnbe.org.br

Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo – http://www.presp.mpf.mp.br/

Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral SP – http://www.mcce.org.br/site/

Ministério Público Democrático – http://www.mpd.org.br/

Instituto Brasil Verdade – http://www.institutobrasilverdade.org.br/

Amarribo Brasil – http://www.amarribo.org.br/

Abrasel SP – http://www.sp.abrasel.com.br/

Movimento Voto Consciente – http://www.votoconsciente.org.br/

 

POR FAVOR, CONFIRME PRESENÇA E SOLICITE ENTREVISTAS COM

Cleinaldo Simões, Carla Onaga, Jessica Tangerino e Ana Paula Rocha

Assessores de Imprensa do PNBE

55 (11) 5585 3363 – 5585 0961 – 5585 2273

55 (11) 2638 8099

55 (11) 9 8192 0700 – 9 8192 0002

Comente

*

Notícias Recentes

No Banner to display




Newsletter

Carregando...Carregando...



Jurômetro

Rua Barão de Itapetininga, 151 - cj 144 - 14º andar - República - 01042-909 - São Paulo SP
fone/fax (11) 3284-8687 - email: pnbe@pnbe.org.br
Copyright @ 1987-2012 PNBE - Pensamento Nacional das Bases Empresariais. Todos os direitos reservados