imprensa

EMPRESÁRIOS DO PNBE REPUDIAM FUNDO PÚBLICO DE FINANCIAMENTO DE CAMPANHA POLÍTICA DE 5,7 BILHÕES

Para nós, empresários e empreendedores associados ao PNBE, não é hora de aumentar a destinação de recursos públicos para campanhas políticas, quando a principal prioridade do País é garantir condições melhores de vida às parcelas de menor renda ou sem renda, vitimadas pela pandemia.

 

Assim, vimos manifestar a Vossa Excelência estranheza, indignação e repúdio pelo aumento do fundo público de financiamento de campanhas políticas, quando faltam recursos para as necessidades básicas de parte da população, em especial para saúde, alimentação, habitação, educação e segurança.

 

Entendemos que o custo do processo eleitoral atual é excessivamente alto, além de não garantir o adequado acompanhamento dos eleitos pelos eleitores. Por essa razão, instamos V.Excia. a lutar por uma Reforma Eleitoral que estabeleça o voto distrital misto a partir de 2024, com o que certamente menos recursos serão necessários para as campanhas eleitorais, além de aprimorar a representação.

 

Estamos à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

 

Na certeza de contar com vossa atenção e retorno.

 

Mario Ernesto Humberg

Presidente do Conselho Consultivo

 

Dilson Ferreira

1° Coordenador Geral

 

Fabio Mortara

2° Coordenador Geral